domingo, 4 de março de 2012

"SEMANA DA MULHER"


COM LICENÇA POÉTICA


Quando nasci um anjo esbelto, 
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
essa espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou tão feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não , acredito em parto sem dor.


Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
-dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria.
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.
 Adélia Prado

4 comentários:

  1. OI SUELI!
    FOSTE AO MEU BLOG E NÃO CONSEGUISTE ME SEGUIR,VIM
    AQUI E VOU T SEGUIR PARA VOLTARES A ME VISITAR.

    PARABÉNS PELO NOSSO DIA!
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS

    Zilanicelia.blogspot.com
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  2. Olá, vim conhecer seu blog e gostei muito, diga-se de passagem... :)
    E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

    http://www.bolgdoano.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Zilani.
    Voltarei com o maior prazer, querida.

    abraços.

    ResponderExcluir
  4. Gratíssima, Amanda.
    Vou lá no seu blog, "te seguir", agora mesmo.

    abraços

    ResponderExcluir